O Aterro Sanitário de Sermonde possui um sistema de pré-tratamento de lixiviados.

Os resíduos orgânicos, uma vez depositados no aterro, sofrem um processo de decomposição que se chama fermentação ou digestão anaeróbia (por ser efetuada sem oxigénio). Da degradação dos resíduos resultam dois efluentes, um líquido, os lixiviados, e um gasoso, o biogás.

 

O pré-tratamento consiste em:

  • Tratamento por lagunagem com recurso a injeção de oxigénio.
  • Tratamento por nitrificação – disnitrificação com recurso a um tanque de arejamento e um tanque anóxico.
  • Tratamento físico-químico com remoção de lamas por flotações.